quarta-feira, 30 de junho de 2010

BRASIL 3 X 0 CHILE por Bazílio Amaral




FOTO: LANCENET


O Brasil confirmou a escrita e atropelou o Chile pelas Oitavas de Final da Copa do Mundo, apesar das boas estratégias montadas por El Loco Bielsa, ficou claro que ele não dispõe de atletas para eliminar o Brasil em uma Copa do Mundo. A vida do time de Dunga foi facilitada com o gol de Juan em jogada de bola parada, que é uma virtude desta Seleção. Fora isto, a presença de Ramires como volante deu outra qualidade e velocidade na transição ofensiva, que passou a ter transição pelo corredor central e acaba desafogando a marcação sobre os laterais brasileiros. Pena que Dunga demorou para sacá-lo quando o jogo já estava 3 x 0 e permitiu o 2º cartão amarelo, por isto Ramires está fora do jogo contra a Holanda e fará muita falta.
O Chile errou demais, começou o jogo bem postado, fechando os espaços mas tomou o gol de bola parada, depois foi para cima de forma desordenada e deu o contra ataque, ponto forte do Brasil, para desespero de Bielsa. Segundo dados do Scout Online, o Chile teve 221 passes certos e errou incríveis 43, isto prejudicou a organização ofensiva e deu a posse de bola para o Brasil contra atacar, entenda que a posse de bola do jogo foi maior para o Chile com 51,1 %, mas o Brasil foi mais perigoso e mortal. Foram 19 finalizações brasileiras ( com 8 certas) contra 13 dos chilenos ( apenas 3 certas). Os números mostraram também que o Brasil utilizou bem os lançamentos com 43 no jogo todo ( 17 certos), para comparar veja que o Chile teve 15 ( sendo certas). Isto aconteceu pelo fato de as laterais estarem fechadas e o time conseguiu achar um caminho para atacar por outro setor. Já o Chile explorou as jogadas de cruzamento, mas errou demais, foram 19 ( com apenas 3 certos ) enquanto que o Brasil arriscou 15 (com 7 certas).


BRASIL - ENTRADA DE RAMIRES E TRIO DE ATAQUE DESEQUILIBRAM CONFRONTO!!!


Parece que o clamor de alguns críticos para a entrada de um volante mais técnico tem fundamento. Haja vista o belo desempenho de Ramires e o desenvolvimento tático foi vísivel. O 4-2-3-1 ganhou opção de transição pelo meio e deu uma aliviada na marcação sobre Maicon e Michel Bastos. Daniel Alves no meio campo fez uma partida muito boa, apesar de não aparecer para a torcida. A dupla de zaga lúcio e Juan foi muito bem novamente e faz um casamento perfeito de raça ( lúcio) com técnica ( Juan), para finalizar, neste jogo Robinho e kaká inverteram bastante de lado e até por isto Robinho sumia em alguns momentos do jogo. Quando apareceu bem na partida ele vinha da esquerda, mas por que, existe uma maldição na posição central?? Não é nada disso, é que este setor é muito difícil de se jogar e é necessário que o atleta , vejam exemplos de Sneijder e Özil que atuam na mesma posição, mas possuem a característica de buscar o jogo entre os volantes, o que não é característica de Kaká e Robinho.

Com o placar definido, Dunga demorou para sacar os atletas pendurados Juan, Kaká, Ramires e Luis Fabiano. Após ramires tomar o amarelo e fica fora do jogo contra a Holanda e Kaká quase também receber o 2º amarelo novamente após uma falta que o árbitro poderia ter sido rigoroso e expulsá-lo, Dunga sacou Luis Fabiano para entrada de Nilmar, Kaká saiu para entrada de Kléberson ( talvez fosse um bom substituto para a vaga de Ramirez) e Gilberto entrou no lugar de Robinho ( que vem de uma lesão muscular), com isto Michel foi para o lado esquerdo do meio campo e jogou muito bem, mostrando que pode ser uma boa opção tática para o decorrer do jogo.



CHILE - APÓS O 1º GOL, TIME SE ABRIU E FOI DOMINADO!!!


Marcelo Bielsa iria armar a equipe diferente dos confrontos das Eliminatórias, o técnico argentino optou pelo 4-2-3-1 para evitar que o time ficasse muito atrás e ao mesmo tempo fechasse as laterais brasileiras. O goleiro Bravo teve Jara pela direita, Fuentes e Contreras centralizados e Vidal pela esquerda formaram a linha defensiva com Jara marcando Robinho de forma individual mas se confundindo quando Kaká ia para a esquerda. Isla e Carmona como volantes tinham a função de marcar Kaká, mas como ele foi para a esquerda acabou encontrando espaços. Alexis Sanchez pela direita, Beasejour centralizado e Gonzalez pela esquerda formaram o trio de meias atacantes com Suazo no ataque.



Veja no encaixe de marcação que Ramires teve uma função fundamental para desequilibrar a marcação chilena, ainda mais que apenas Beasejour ficava na marcação dos volantes.
Mesmo com a melhor disposição tática, o Brasil conseguiu abrir o placar em jogada de bola parad diante dos baixos chilenos. No intervalo, Bielsa fez 2 alterações e colocou o time para cima com a entrada de Valdívia e Tello nos lugares de Gonzalez e Contreras. Bielsa armou o 4-3-3 com Isla na direita, Jara e Fuentes centralizados e Tello na esquerda saindo bem para o apoio. Vidal e Carmona como volantes e Valdívia solto para armar os ataques para 3 atacantes. Beasejour aberto na esquerda, Suazo centralizado e Alex Sanchez pela direita.


Veja noencaixe que a linha de marcação brasileira estava bem e os 5 atletas de meio campo fecharam bem os espaços e forçaram os erros chilenos. Com o contra ataque a disposição cresceu o futebol do trio maravilha Luis Fabiano, Kaká e Robinho e a vitória brasileira ficou fácil.
Bielsa ainda sacou Isla , Vidal foi para lateral direita, para entrada do meia Millar para aumentar o poder de criação da equipe, mas os erros continuaram e o jogo foi dominado.


Veja os melhores momentos do jogo:



Um Abraço,

terça-feira, 29 de junho de 2010

Fase de gente grande!

A Holanda passou pela Eslováquia sem muitos sustos, 2 a 1, com o gol eslovaco no final da partida de penalti.

Assim, se credenciou a pegar o Brasil nas quartas de finais, que atropelou o Chile. Claramente, está no hora dos meninos guardarem seus brinquedos e irem para casa, Copa agora é pra gente grande!

O jogo contra o Chile foi o mais tranquilo para o Brasil, freguês antigo que gosta de se atirar ao ataque, com isso os espaços não demoraram a aparecer.

Mesmo assim, a porteira abriu com um escanteio cobrado por Maicon e com uma linda cabeçada de Juan. O segundo veio em seguida e foi o mais bonito da partida, Robinho puxou o contra-ataque pela esquerda, rolou pra Kaká que, à la Muller, deu meio toque na bola, e deixou Luís Fabiano na cara do gol, que ainda, à la Ronaldo Fenômeno, driblou o goleiro e ´"só não entrou com bola e tudo porque teve humildade em gol"!

Nosso antigo sparring já estava morto, no segundo tempo Robinho fez o seu, e poderíamos ter feito mais se não fosse a "fomiagem" do próprio.

Agora é Brasil x Holanda, sexta-feira! Promessa de jogão como 1974, 1994 e1998.

domingo, 27 de junho de 2010

Dia de Gigantes!

Começou com o melhor jogo da Copa até hoje, Alemanha x Inglaterra.

A Inglaterra tomou dois gols em inacreditáveis vacilos, o primeiro saiu de um tiro de meta do goleiro alemão.

Quando todos imaginavam que seria um jogo chato a partir daí, com a Alemanha só administrando, os ingleses reagiram, adiantando seu jogo e marcando seu primeiro gol em excelente cruzamente de Gerrard para Upson. 

A pressão continuou e Lampard fez belíssimo gol, só que teve um detalhe, apenas o bandeira e o arbitro Larrionda não viram a bola dentro do gol... aí foi um banho de água fria no time de Capello (erro que já está entre os maiores da História das Copas).

No segundo tempo, o time da Inglaterra se jogou ao ataque sem organização e controle defensivo (não sei se ainda abalados pelo grotesco erro de arbitragem), com isso, o jovem, criativo e veloz time alemão deu uma aula de contra-ataques! Não perdoaram os espaços dados, e com Ozil e Muller no comando não deram chances para mais qualquer ressurgimento inglês.

Além de Tomas Muller como revelação , indico até o momento, Ozil como grande candidato a craque da Copa (quando ele joga muito essa Alemanha, que joga bonito, fica ainda mais forte, como na goleada contra Austrália e hoje contra Inglaterra).

A tarde, vimos a Argentina fazer outra bela partida e vencer o México por 3 a 1.

Outro erro de arbitragem deu o primeiro gol para Argentina (de Tevez), e nesse momento, o México ainda conseguia equilibrar um pouco a partida. Mas, ficou claro que o time mexicano deu seu máximo, e que ele não era suficiente para bater a Argentina. Ainda, com uma pixotada de seu zagueiro Higuain fez o segundo ainda na primeira etapa.


No segundo tempo, Tevez que jogava muito, fez um golaço com uma bomba de fora da área. O México fez seu gol, buscou pressionar, mas o time argentino tinha o controle do jogo. Vale destaque para o conserto de Maradona em sua defesa, tirando o grosso Gutierrez, e entrando com o Otamendi, melhorando bem esse setor do seu time.

O certo é que a Argentina segue forte para o confronto com a Alemanha (que também está muito forte!),  marcado outro duelo de titãs, para sábado que vem pelas quartas de finais. 

África continua na Copa e a Celeste ressurge em 2010!

No primeiro dia de mata-mata da Copa do Mundo tivemos dois bons jogos.


O Uruguai continua jogando de forma muito equilibrado, principalmente porque conta com dois grandes jogadores de sempre, Forlan e Luizito Suarez, além da defesa sempre forte. Resultado, venceu a Coreia por 2 a 1.

A Coreia deu mais trabalho que o esperado, chegou a empatar o jogo com seu futebol de correria e que nunca se entrega. Voltam pra casa tendo feito bom papel.

O Uruguai não faz uma campanha como essa desde 1970, e vem mostrando força para quem sabe ainda chega em uma semi-final de Copa do Mundo.

No segundo jogo, EUA e GANA fizeram um jogo emocionante! Muitos já deixavam Gana de fora das quartas de finais, mas em campo o time africano se impôs.

Nesse jogo funcionou um setor que não vinha produzindo em Gana, o ataque, que tinha feito apenas dois gols de penalti, e logo no início Prince Boateng (aquele mesmo que quebrou Ballack antes da Copa) fez um belo gol!

Porém, uma coisa que o time americano mostrou nessa Copa foi que não morre fácil, é o famoso time "carne de pescoço", e Donavan empatou levando o jogo para prorrogação.

Logo no início da prorrogação, Gyan mostrou que o ataque de Gana estava em um dia de velocidade e precisão, e marcou mais um.  Cabe destacar também, o grande jogo de Ayew, de Gana, o jovem campeão mundial sub-20 e filho de Abedi Pelé.

Com isso a África continua na disputa, contrariando prognósticos, e com chances de aprontar pra cima do Uruguai nas quartas.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

BRASIL 0 X 0 PORTUGAL por Bazílio Amaral




FOTO: LANCENET


O Brasil entrou em campo já classificado diante de seu adversário melhor arrumado defensivamente e com um contra ataque muito perigoso puxado por Cristiano Ronaldo. Desfalcado de Elano, Kaká e Robinho, o time de Dunga não conseguiu transpor o 4-1-4-1 de Carlos Queiroz e se viu sem opções talentosas no grupo para mudar a estória do jogo. Deu para perceber que nossa Seleção terá muitas dificuldades contra um time que joga fechado, ainda mais se sair perdendo em um mata a mata. Não adianta eu falar aqui, fica repetitivo, mas é nítido que Dunga não tem nenhum plano B, C... ou Z para modificar taticamente o jogo. Será que Nilmar é a melhor opção para jogar no lado esquerdo do meio campo??? Ramires joga onde na cabeça de Dunga??? Por que se adotou o tradicional 4-2-2-2 ou o 4-3-1-2 ou o 4-4-2 com 2 meias abertos, sistemas que não seriam tão transgressores a filosofia de marcação de Dunga e poderia desequilibrar o ferrolho de Queiroz. Só nos resta torcer.
A Partida de hoje a tarde foi didática para mostrar que posse de bola não é tão importante se não houverem aproximações, ultrapassagens e toques rápidos. Segundo dados do Scout Online o Brasil teve 64,5% contra 35,5% dos portugueses., forma 494 passes certos e 33 errados contra 172 certos e 31 errados dos lusitanos. Para furar o bloqueio, Dunga explorou muito o lado direito com Maicon e Daniel Alves enquanto teve espaço, foram 28 cruzamentos ( sendo 23 errados), enquanto que a opção de Portugal foram os lançamentos, foram 29 ( sendo 22 errados. Portugal desarmou muito mais que o Brasil ( 34 a 16) que perdeu muitas bolas ( 37 a 19). O Brasil finalizou em boa quantidade na frieza dos números, foram 19 ao todo ( sendo apenas 6 no gol), enquanto que Portugal finalizou 14 ( com apenas 3 certas), contudo, a chance melhor do jogo foi a que Julio Cesar impediu o gol de Raul Meirelles, apesar de ter sido muito parecida com o lance de Nilmar que bateu na trave após defesa do goleiro.


BRASIL - SEM MOVIMENTAÇÃO E TALENTO, TIME FOI FACILMENTE MARCADO!!!


Como foi o discurso da maioria dos atletas pós jogo, valeu pela classificação em 1º lugar. E só. O Brasil mostrou novamente dificuldade contra sistemas defensivos compactos, principalmente desfalcado de Kaká e Robinho. Além do mais, mostrou que as opções de Dunga na convocação foram muito mais no quesito grupo do que de ordem técnica e tática. Mas será que a presença de Ronaldinho Gaúcho ou Paulo Henrique Ganso neste jogo não seriam mais úteis do que Julio Batista ou Kléberson?? O 4-2-3-1 teve Julio Cesar no gol, Maicon pela direita, Lúcio e Juan ( com muitas dificuldades no embate contra Cristiano Ronaldo) e Michel Bastos ( novamente apagado) na esquerda formando a linha defensiva que foi desajustada com o avanço dos laterais para marcar os meias laterais de portugal, isto deu espaço para que Cristiano Ronaldo rodasse pelo campo de ataque e tivesse espaço para puxar contra ataques. Daniel Alves pela direita, Julio Batista centralizado e Nilmar pela esquerda formaram a linha de meio campo que foi o ponto fraco da equipe por causa da falta de movimentação. Com isso Luis Fabiano ficou isolado no ataque e teve poucas chances. Os volantes merecem um destaque especial, Gilberto Silva foi bem pelo 2º jogo seguido, mas Felipe Mello parecia que estava jogando o campeonato Amador de Hortolândia por um time que não tem mais aspiração na competição, ou seja, deu porrada e só não foi expulso por complacência da arbitragem. Desta vez Dunga agiu rápido e o tirou antes do fim do 1º tempo ( depois disse que o tirou por causa de dores na perna, tá bom).
O problema é que Dunga, talvez sem pensar muito direito por estar nervoso, colocou Josué em seu lugar ao invés de Ramires, ora, não precisa entender muito de futebo para perceber que o time ficou com 2 volantes de área em um setor que clamava por um Hernanes por causa do espaço dado pelo adversário. Com esta alteração o time caiu muito na 2º etapa e apesar da posse de bola, não conseguia fazer a bola circular rapidamente abolapara liberar Maicon para o apoio, ou seja, apenas 1 finalização no 2º tempo.


No fim do jogo, Dunga fez suas outras 2 alterações e sacou Luis Fabiano e Julio Batista ( que jogou mal demais e nitidamente o time melhorou com sua saída) para entradas de Grafite e Ramires ( que jogou na posição centralizada na meia de armação, não é a dele).










PORTUGAL - EQUIPE SURPREENDE COM ESTRATÉGIA DEFENSIVA E QUASE VENCE!!!


Carlos Queiroztomou do mesmo veneno que Marcelo Bielsa ao atacar o Brasil no amistoso em Brasília onde perdeu por 6x 2. Por isto, assim como deve fazer o técnico chileno, armou uma senhora retranca postada no 4-1-4-1 e conseguiu fechar os lados e congestionar o meio. Como este Brasil não possui aquele talento de anos atrás, a estratégia deu certo e o time ainda quase vence se aproveitasse os contra ataques. O goleiro Eduardo teve Ricardo Costa pela direita, Ricardo Carvalho e Bruno Alves centralizados com Fábio Coentrão pela esquerda formando a linha defensiva. pepe entre as 2 linhas com Danny e Duda nas extremidades, Raúl Meirelles e Tiago centralizados formaram a 2º linha com Cristiano Ronaldo muito vivo no ataque.


Veja o encaixe de marcação e como Carlos Queiroz montou conhecer a equipe brasileira muito bem,por isto insisto que se deve ter altenativas táticas. Destaque para a escalação de Ricardo Costa na direita, ele que é zagueiro e nas subidas perigosas de Coentrão após inversão de bola da direita. Além disso, o desenho proporcionou muito espaço para que Crsitiano Ronaldo explorasse nos contra ataques, foi um risco que o Brasil não precisava correr se sua linha ficasse melhor posicionada como linha.






Apesar de não precisar da vitória para classificar e se perdesse ainda estaria classificada por causa do resultado de Costa do Marfim x Coréia do Norte, Carlos Queiroz mexeu na equipe no 2º tempo com a entrada de Simão no lugar de Duda, isto deixou o time com um gatilho mais rápido para o contra ataque que não se encaixou mais. Pepe , já amarelado, deu lugar a Pedro Mendes e Miguel Veloso entrou no final no lugar de Raúl Meirelles.







Veja os melhores momentos:




Um Abraço,

Fim da 3ª rodada da Copa, e os classificados são...

Como era de se esperar a última rodada foi emocionante! Os jogos valendo as duas vagas de cada grupo aqueceram a disputa. Vamos fazer um raio-x daqueles que continuam vivos, agora nas oitavas de finais:

- Grupo A: 
para Uruguai e México bastava o empate, mas a Celeste jogou pra valer e com um belo gol de Luiz Suarez venceu venceu o jogo, a derrota por apenas um gol de diferença também classificou a equipe mexicana.

A África do Sul venceu a França, mas precisava de um saldo maior... ao contrário de muitos, não considero a campanha dos bafana bafana um fiasco, conseguimos ver o bom trabalho de Parreira em campo, o time teve organização mas falta qualidade, recursos humanos para chegarem a um nível de fase final de Copa.

Fiasco, vexame, que deu nessa Copa foi os prepotentes franceses, dentro e fora de campo, entre baixarias fora e futebol sofrível no campo. Antes Henry não levasse a mão naquela bola e deixasse a Irlanda participar da Copa, com certeza fariam campanha mais honrosa.

- Grupo B:
A Argentina, com time reserva, venceu a Grécia e chegou a 100% de aproveitamento (apenas a Holanda também alcançou o total de pontos da 1ª fase). Os argentinos apresentaram o futebol mais bonito e ofensivo da Copa, o porém, é que ainda duvido de sua defesa que ainda não foi devidamente testada.


A Coreia do Sul, com um empate em 2 a 2 com a Nigéria, foi a segunda equipe a avançar no grupo. Essa vaga era esperada pela africana Nigéria, mas essa apresentou uma equipe muito fraca, sobrando espaço então para o futebol de correria (e nada mais) da Coreia.

- Grupo C:
Esse grupo proporcionou um dos momentos mais importantes da Copa do Mundo até aqui, a Inglaterra segurou a Eslovênia como pode até o fim do jogo, e venceu por 1 a 0. Esse resultado ainda dava para o time esloveno, mas no último minuto de desconto do outro jogo, Donovan marcou para os EUA, gol que valeu o 1º lugar da chave. 

A Inglaterra que conseguiu jogar um pouco melhor na terceira partida avançou em segundo, o que levou a um confronto de campeões mundiais com a Alemanha na próxima fase.

- Grupo D:
Alemanha 1 a 0 em Gana, como esperado (ficou em 1º), a surpresa foi a Sérvia que tinha batido os favoritos da chave perder de 2 a 1 para a Austrália. Essa zebra proporcionou a única equipe africana nas oitavas, Gana.

- Grupo E:
Holanda confirmou sua campanha 100% vencendo Camarões por 2 a 1. 

O outro jogo é que mostrou um atropelamento japonês sobre o time da Dinamarca, 3 a 1 e classificação com autoridade e com Japão mostrando sua evolução no futebol, que permite até sonhar passar pelo Paraguai e chegar em uma quartas de finais de Copa do Mundo.

- Grupo F:
Paraguai administrou um 0 a 0, e passou líder para as oitavas.


Já a Itália conseguiu perder para Eslováquia, e mais ainda, conseguiu de campeã do mundo de 2006 ficar na lanterna do grupo, atrás da seleção da Nova Zelândia, como diria Milton Leite: "Meus Deus!"

- Grupo G:
Outro 0 a 0 calculado, entre Brasil e Portugal levou nessa ordem os dois times para as oitavas de finais. 

Sobre o Brasil, ficou provado que Dunga errou, e não pode confiar em seus reservas em uma Copa. Chegamos a ter Josué, Daniel Alves, Julio Batista e Gilberto Silva em um meio de campo de seleção brasileira (fora o nulo Michel Bastos), não aceito esse meio no meu Corinthians! Tomara que o orgulho do Dunga de deixar de fora: Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho e Ganso não seja cobrado com juros e correção na fase de mata e volta pra casa!


Vale ressaltar, o que poucos comentaram, Julio Cesar garantiu com dois milagres essa 1ª colocação, deve se consagrar o melhor goleiro da Copa!

Costa do Marfim bateu o saco de pancadas da Copa, Coreia do Norte, por 3 a 0.

- Grupo H:
A Espanha retomou a ponto do grupo batendo bem o Chile por 2 a 1, mas uma grande partida de Davi Villa, aliás parece ser o dono do time, até aqui o carregou nas costas.


O Chile também passou, pois a Suíça tem um grande problema no futebol, não sabe fazer gol e ficou no zero com a fraca Honduras.

*******

Para terminar, atenção FIFA para seu critério de vagas, compare as vagas por continente e o número de classificados:

- de  13 vagas da Europa, passaram 6;
- de 5 vagas para a Amárica do Sul (última em repescagem c/ a CONCACAF), passaram os 5;
- de 3 vagas para as América do Norte e Central; passaram 2;
- de 5 vagas para a África, mais uma para o país-sede, passou 1;
- de 4 vagas da Ásia, passaram 2;
- de 1 vaga (conseguida em repescagem com a Ásia), passou 0.


Estaríamos sofrendo uma injustiça na América Latina? Com apenas 4 vagas, e mais uma em repescagem?

******
Oitavas de Finas - Copa do Mundo 2010

Uruguai x Coreia do Sul
EUA x Gana
Argentina x México
Alemanha x Inglaterra
Holanda x Eslováquia
Brasil x Chile
Paraguai x Japão
Espanha x Portugal

A partir de amanhã, seleção que perder dá adeus pra África, emoção à vista!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Segunda Rodada de Copa América! (na Copa do Mundo)

Ao contrário de europeus e africanos, essa Copa vem mostrando grande desempenho dos sul-americanos.

Do fiasco dos prepotentes franceses, olhamos na tabela e vemos todos os 5 da América do Sul nas lideranças de seus grupos: Uruguai, Argentina, Paraguai, Brasil e Chile.

Estamos falando de dois super favoritos ao título, Argentina e Brasil, e outros três que vem jogando com muita raça e coração - característica pouca vista nos times de outros continentes.

A segunda rodada, teve Uruguai goleando a anfitriã África do Sul, e praticamente decretando sua eliminação!

A Argentina goleou a Coreia do Sul por 4 a 1, com 3 gols de Higuain.

O Paraguai ganhou de 2 a 0 da Eslováquia.

Brasil venceu bem a Costa do Marfim, 3 a 1  (em jogo bem comentado pelo Bazilio no post anterior).

E por fim, o Chile venceu a Suíça (1 a 0).


Será que teremos em 2014 fortes seleções atuando em seu continente? Ou isso não tem nada haver, como os africanos estão nos mostrando? E essa história de que Copa é só camisa, França humilhada, Inglaterra, Alemanha, Itália e Espanha chegando na terceira rodada correndo riscos de ficar de fora da segunda fase, não mostra que futebol tem que ser jogado?


O legal da Copa é ver esse confronto (e convivência) de culturas, estilos e atitudes das equipes... o que nos leva a elaborar diferentes teses a cada fim de rodada... veremos quais 16 sobrarão para a próxima fase, e aí termino com outra teoria: a partir do mata-mata começa uma nova competição, a Copa em seu sentido literal!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

BRASIL 3 X 1 COSTA DO MARFIM por Bazílio Amaral


FOTO: LANCENET


O Brasil fez uma excelente partida e obteve avitória sobrea Costa do Marfim e consequente classificação antecipada na chave. Esta é a manchete da maior parte da imprensa esportiva e dos analistas do País. O resultismo desta fatia da mídia, impede que seja feita uma análise mais criteriosa da partida. Se contra a Coréia o time não jogou bem e não era motivo para pessimismo, agora não é hora de exarcebar demais no positivismo. Vamos tentar fazer uma análise que transcende a esfera tática e tentar dar condições para que cada um forme a sua opinião sobre a nossa Seleção na Copa.

1 - O jogo era importante para a Seleção, uma derrota para um adversário de qualidade como a Costa do Marfim poderia custar a classificação. Por isto a atitude e postura concentrada dos atletas desde o aquecimento até a bola rolar, e é assim que tem que ser. Contra a Coréia a equipe ficou devendo, mesmo sendo estréia, e a goleada de 7x0 de Portugal sobre eles está ai para comprovar. Contudo, apenas atitude não ganha jogo e o Brasil esbarrou em um sério e crônico problema tático, as laterais estavam fechadas e apenas os volantes Gilberto Silva e Felipe Mello tinham liberdade para sair jogando. Após um momento de inércia, Gilberto começou a tentar e se sair bem em lançamentos para a ultrapassagem dos laterais, daria certo se houvesse domínio,mas Gilberto acertou. Felipe Mello também fez boa partida e foi um dos melhores em campo, apesar de muitos ( me incluo nesta) quererem sua saída do time. Uma jogada começou a sair com Elano se aproximando dos volantes e fazendo uma parede lateral para a subida de Maicon, mas tudo isto estava sendo neutralizado ela Costa do Marfim.


2. Apesar de torcer para o Brasil,apostei no bolão uma derrota ou empate da Seleção, isto porque entendia que estas dificuldades iriam acontecer e, taticamente, o Brasil não encontraria uma saída. Se não saísse uma jogada de bola parada ( um ponto forte) ou um lance individual ( pouco acontece no time de Dunga),o jogo permaneceria amarrado e perigoso para o Brasil. Mas aconteceu aquilo que faz a diferença nas Seleções do Brasil e Argentina nesta Copa, quando tudo estava taticamente quase perfeito, já explico o quase, a Costa do Marfim foi surpreendida por um drible fantástico de Kaká que pôs Luis Fabiano na cara do gol. 1 x0 Brasil. O quase éporque Sven Goran Eriksson cometeu 2 erros na partida, o primeiro foi deixar Gervinho de fora e o segundo foi tentar marcar o Brasil no campo de ataque.
Isto deu espaço para a maior arma do Brasil da nova Era Dunga, o contra ataque e isto acontece quando, de acordo com a leitura correta de Paulo Vinicius Coelho da ESPN, o Brasil joga agrupado no ataque, no caso Robinho , Luis Fabiano e Kaká. Quando este trio está perto um do outro as jogadas acontecem, se estão afastados, e isto tem acontecido nos jogos, o Brasil éde muito a bola e é pressionado ou fica sem posse.

3. Após fazer seu gol o Brasil teve mais espaços para tocar a bola e fez isto muito bem, impressionante a facilidade com que o time time fazia o trabalho de 2 toques em um jogo. Com a Costa do Marfim saindo mais para o jogo, o contra ataque surgiu novamente e o Brasil fez 2 x 0 onde o talento e malandragem do brasileiro aflorou em Luis Fabiano. Isto mostra que diferente de anos atrás, méritos para Dunga, o Brasil gosta de ser atacado. lembra quando todos falavam que o segredo para vencer nossa equipe era nos atacar?? Bielsa disse que errou ao não se atualizar e foi goleado em Santiago do Chile pela Eliminatórias e se enfrentar o Brasil novamente jogará diferente.

4. Outro ponto a ser ressaltado foi o comportamento dos brasileiros diante da violência que os atletas marfinenses trataram o jogo após o 3 x 0. Não houve revide e para quem conhece Luis Fabiano e ver ele levar 2 pancadas e não partir para a briga é sinal de quem está muito focado. Creio ser esta a grande virtude deste grupo que poderá sim trazer o Hexa, mas terá que jogar o seu melhor em todas as partidas, como ontem.

5. Como nem tudo são Rosas, vale ressaltar a fragilidade que o Brasil apresentou nos 2 jogos quando deu o contra ataque para o adversário. Foram 2 situações e 2 gols. É necessário trabalhar isto. mas isto é um trabalho para o treinador e Dunga deixa cada vez mais evidente que não está preparado para sê-lo. Os avanços táticos que o Brasil fez parece estar vindo de outra cabeça, talvez Jorginho, já que para quem não sabe, na única vez que comandou uma equipe, Jorginho fez uma campanha excelente com o fraco América - RJ. Dunga falhou ao não perceber que Kaká seria expulso, falhou porque não estava " frio" o suficiente para fazer a leitura do momento. Mas o pior estava por vir quando na entrevista coletiva abordou de forma agressiva o repórter Alex Escobar da Tv Globo que balançava a cabeça negativamente após uma declaração dele. Após isto, e sem perceber que o microfone ambiente estava ligado, ele xingou com palavrões o profissional enquanto outros formulavam a pergunta. Lamentável e de uma tremenda falta de educação, que exemplo para os atletas. E como um cara deste conseguirá ser treinador de um clube?? Será que está preparado?? Brigas com a imprensa sempre teve, mas não de tão baixo nível.

Para quem não viu, ai está a entrevista legendada:



BRASIL - GOLS DE CRIAS DA PONTE E GUARANI DÃO VITÓRIA E CLASSIFICAÇÃO!!!


Para quem é de Campinas ou radicado nesta cidade de São Paulo, foi um prazer ver 2 crias dos clubes da cidade fazerem os gols no jogo de ontem. tanto Luis Fabiano, oriundo da Ponte e Elano do Guarani são batalhadores e vencedores no mundo do futebol, mas para quem conhece suas trajetórias sabe que nada foi fácil, inclusive nos clubes que surgiram. O Brasil atuou no já conhecido 4-2-3-1 com Julio Cesar no gol, Maicon na direita, Lúcio e Juan ( que partida destes 2) centralizados e Michel Bastos na esquerda apagado neste jogo formando a linha defensiva. Felipe Mello e Gilberto Silva foram os volantes com Elano pela direita, Kaká centralizado e Robinho pela esquerda formando o trio de meias atacantes com Luis Fabiano no ataque. lembrando que Elano faz um trabalho de compensação defensiva pela direita e isto não acontece do outro lado , pois Robinho não ajuda muito Michel Bastos na marcação. Com as laterais fechada na saída de bola, apenas os volantes tinham espaços para sair, contudo, o gol saiu de um contra ataque puxado pelo trio de frente quando estavam agrupados.

Quando saiu o gol, o Brasil pasou a ter mais espaços para tocar a bola e a saída para o ataque passou a ser melhor trabalhada. Kaká teve uma atuação muito interessante e conseguiu achar espaço para jogar pelos espaços laterais dos volantes adversários e assim saiu o 3º gol.
Dunga sacou Elano, lesionado após entrada criminosa de um adversário, e Daniel Alves entrou no meio campo. mas Kaká ficou em campo tempo demais e acabou expulso, o que pode ser prejudicial para ele continuar a sua evolução técnica.



COSTA DO MARFIM- GOL BRASILEIRO DESMONTOU EQUIPE QUE FOI MAL ARMADA!!!


Sven Göran Eriksson armou sua equipe no 4-2-3-1, assim como contra Portugal, mas a postura em campo foi outra. primeiro a ausência de Gervinho foi uma opção que não deu certo. Eriksson quis marcar Maicon com Kalou na esquerda, mas Gervinho não poderia sair. Talvez Dindane tivesse sido melhor opção. Além disso, a marcação na saída de bola brasileira feita em alguns momentos no campo de ataque, abriu muito espaço no meio campo. O goleiro Barry teve Demel pela direita, Kolou Touré e Zokora centralizados e Tiené pela esquerda formando a linha defensiva. Demel teve muito espaço para jogar e fazia 2 x 1 em Michel Bastos, isto porque Robinho não acompanhava a marcação e Felipe Mello estava muito distante. Eboué e Yaya Touré se revezavam na marcação de Kaká, mas tiveram dificuldades quando ele passou a abrir pelos lados da
intermediária. Dindané pela direita, Kalou pela esquerda e Tioté centralizado formaram o trio e meias atacantes com Drogba no ataque isolado pela dupla de zaga brasileira.
Veja tudo o que foi dito acima ilustrado ao lado.








No 2º tempo, Eriksson sacou Dindané para entrada de Gervinho, Kadar Keitá entrou no lugar de Kalou e Romaric substituiu Eboué, mas a Costa do marfim não conseguiu fazer uma pressão no Brasil apesar do susto do gol no final.









Veja os melhores momentos da partida:


Um Abraço,

sábado, 19 de junho de 2010

Destaques da 1ª Rodada da Copa (em videos)

1º Gol da Copa - golaço de Tshabalala da África do Sul


Atuação de Messi contra Nigéria (no jogo Argentina 1 x 0 Nigéria)


O Frangaço do Green (no jogo Inglaterra 1 x 1 EUA)


Atuação da Alemanha contra a Austrália (jogo Alemanha 4 x 0 Australia)


Gol de Maicon contra Coreia do Norte (no jogo Brasil 2 x 1 Coreia do Norte)


Zebra Suíça em cima da Espanha (no jogo Espanha 0 x 1 Suíça)


quarta-feira, 16 de junho de 2010

BRASIL 2 X 1 CORÉIA DO NORTE por Bazílio Amaral



FOTO: LANCENET


E o Brasil estreou. Nada além do que outras seleções, com exceção da Alemanha, Argentina e Holanda tem feito neste Mundial, mas o Brasil teve um agravante, pegou uma das seleções mais fracas da competição e fez um 1º tempo sofrível. Contudo, o grande e já anunciado problema é tático, a Seleção de Dunga é formatada para o contra ataque e tem força nas bolas paradas, com isto terá muitas dificuldades diante de adversários com um sistema defensivo bem compactado. O time melhorou no 2º tempo quando adiantou os laterais para apoiarem ao mesmo tempo e trabalhar com inversões de lado no campo de ataque, principalmente da esquerda par a direita. Além disso, Kaká começou a se movimentar mais e Robinho fez uma grande partida junto com Maicon. Ressalto também a grande atuação da dupla de zaga que foi importante na primeira etapa quando o time se desfazia da bola muito facilmente e dava o contra ataque.
Mas me preocupa o jogo de domingo conta a Costa do Marfim que virá fechada em seu campo mas possui um contra ataque pelos lados muito rápido, além disso, este artifício de utilizar os laterais não será tão fácil de ser utilizado como foi contra os ingênuos coreanos. E qual outra alternativa tem Dunga?? Além disso, dar o contra ataque para os Hing, Hun e Song ( rsrsr) é uma coisa, mas fazer o mesmo com Drogba, Gevinho ( este é perigoso) e cia é muito arriscado. Basta ver que no gol da Coréia do Norte o que aconteceu foi que Maicon estava muito longe de Lúcio, deixando a linha defensiva vulnerável. Isto aconteceu porque ele estava voltando de um apoio ao ataque e faltou uma compactação da linha para o lado direito.


BRASIL - AVANÇO DOS LATERAIS SIMULTÃNEAMENTE DESMONTOU RETRANCA COREANA!!!


O time de Dunga é conhecido por todos pois o treinador teve o mérito de manter uma base, mas ontem mostrou muita lentidão e dificuldade para penetrar no ferrolho coreano. O goleiro Julio César, pouco acionado no jogo, teve Maicon pela direita, Lúcio e Juan centralizados e Michel bastos pela esquerda formando a linha defensiva. Os laterais saiam alternadamente e o espaço para armar jogadas estava nos volantes Felipe Mello e Gilberto Silva , que sabemos , não possuem qualidade para tanto, Elano pela direita, Kaká centralizado, Robinho pela esquerda e Luis Fabiano no ataque estavam muito estáticos, facilitando a marcação adversária.



Na volta do intervalo a Seleção mostrou outra postura, méritos para Dunga. Sem alterar a equipe o treinador liberou os 2 laterais para apoiarem ao mesmo tempo e resguardou a defesa com um quadrado formado pelos zagueiros e volantes, foi perfeito porque a Coréia do Norte não trazia grandes preocupações defesnivas, principalmente nas costas dos laterais. Além disso, a movimentação de Robinho e Kaká confundiram a marcação e as inversões de lado foram o toque final para as chances serem criadas. No gol de Maicon, os mais críticos vão falar que foi graças a falha do goleiro, mas a jogada de ultrapassagem feita pelo lado foi muito bem feita, assim como a atuação de Michel Bastos. Além disso, maicon costuma fazer este tipo de chute e foi muito consciente, se o goleiro estivesse bem postado ele cruzaria.

Com o placar de 2 x 0, Dunga mexeu na equipe mas não mexeu no 4-2-3-1. Daniel Alves entrou no lugar de Elano, Nilmar entrou no lugar de kaká e foi para esquerda, com isto Robinho foi centralizado e fez bem a funçao e Ramirezs entrou no lugar de Felipe Mello. porém o go gol no final pode foi chato e estragou a festa de fim de jogo.









CORÉIA DO NORTE - SE NÃO BATER UM TIME FRACO LOGO ELE SE ACHA FORTE!!!


O fraco time da Coréia saiu do jogo dizendo que faltou sorte, culpa do Brasil. Quem trabalha com futebol, quantas vezes não se viu em uma situação parecida, onde um adversário mais fraco cresce por que sua equipe não "mata" o jogo. Vou me abster de escrever novamente os complicados nomes dos atletas e Kim Jong Hun, mas o 4-2-3-1 defensivo armado pelo treinador tinha uma jogada forte, lançamento para o rápido Jong Tae Sé ( chamado de Rooney da Ásia).






Veja no encaixe do 1º tempo como que a formação brasileira se encaixou na marcação coreana e não conseguiu criara nada. Além disso, vemos que os volantes tinham mais liberdade para criar jogadas, mas não aconteceu nada.
Veja a diferença na segunda etapa quando os laterais forma liberados e houve mais movimentação no ataque, além disso o Jong Tae Sé foi absorvido pelo quadrado defensivo do Brasil.





Veja os gols do jogo:


Um Abraço,

A previsível estreia brasileira!

Brasil 2 x 1 Coreia do Norte


A sensação de espanto era geral no Brasil ontem após o jogo, muitos acreditavam em um jogo fácil, goleada e show de bola do time de Dunga. Confesso que eu não.

Pelo time que vinha sendo preparado, jogamos de forma muito previsível e esperada, aliás os treinos secretos devem ser piadas... todos já sabiam o time que ia entrar, que o Kaká está mal fisicamente, que Luís Fabiano em má fase, que Felipe Melo e Gilberto Silva são lentos demais na saída de bola... esconder o quê então?

Agora, será que 3 volantes contra a Coreia era necessário? Ainda mais dois lentos como Gilberto Silva e Felipe Melo?  Kaká vai se arrastar em campo nessa Copa?

Dunga sabe que o time teria que ser outro, mas em sua cabeça primeiro vem a gratidão com os amigos... por isso ele mantém esse time, espero que abra o olho a tempo para não morrer abraçado com eles!

Falo que ele sabe disso, pois fez as alterações certas embora tarde demais... Ramirez já teria que ter entrado de início, e Nilmar no lugar do moribundo Kaká se tivesse entrado no intervalo teríamos tranquilidade ainda maior na partida. Obeservem como a situação de Kaká é grave, entrou o reserva imediato do Robinho no lugar do Kaká, e Robinho foi jogar na posição do meia.

Nossa sorte é que Maicon está voando baixo, quem diz que aquele gol foi sem querer não sabe o que é bola e/ou não tem visto Maicon jogar - ele já fez outros gols assim;  e que Robinho reecontrou seu melhor futebol. No 1º tempo era o único a se movimentar no ataque, e sua assistência no 2º tempo para o gol de Elano foi maravilhosa!

Quem esperava a Copa do Kaká (esquece!) pode começar a torcer pela Copa do Robinho, caso contrário voltaremos antes pra casa!

domingo, 13 de junho de 2010

E no Terceiro dia de Copa o futebol chegou!

Argelia 0 x 1 Eslovënia


Jogo sofrível, só com um frango do goleiro argelino para sair do zero a zero.

Pelo visto, as vagas desse grupo para a próxima fase ficarão mesmo com Inglaterra e EUA.

Sérvia 0 x 1 Gana
Um jogo um pouquinho melhor do que o anterior, mas o time sérvio me decepcionou, achei que jogariam um pouquinho mais.

Gana mostrou muita força física e vontade, acabaram ganhando um penalti bobo (mão na bola de um defensor sérvio). Importante registrar, primeira vitória de um time africano na Copa da África.

Alemanha 4 x 0 Austrália

A Alemanha jogou futebol (coisa rara até agora nessa Copa), goleou e convenceu! Dominou e ditou o ritmo durante todo o jogo.

Joachim Low apresentou um time jovem, seguro, e saindo até da tradição alemã, técnico e habilidoso. Me arrisco até dizer, que esse grupo sem o, ultimamente, burocrático Ballack ficou bem melhor. Schweinsteiger um pouco mais recuado e a entrada do Ozil deram muita agilidade ao time alemão, ainda mais com o talentoso jovem Muller (que marcou um golaço!) chegando no ataque com Podolski.

Resultado, não sabemos se o time australiano é muito fraco (na defesa em linha tenho certeza que sim!) ou foi a força da melhor atuação de uma seleção até agora que não deu chances para Austrália.
Vamos esperar os próximos jogos da Alemanha, se manter o que jogou hoje brigará mais uma vez pelo título!

sábado, 12 de junho de 2010

2º dia de Copa de grandes defesas e frangaço!

Coréia do Sul 2 x 0 Grécia

O time coreano veio com a correria esperada e o toque de qualidade de Park, jogador do Manchester United.

Já a Grécia veio com o jogo duro e feio acima das aguardadas espectativas, pior time do Grupo B.

Argentina 1 x 0 Nigéria
  
Messi teve boa atuação, a Argentina jogou o melhor futebol da Copa até aqui, mas a defesa do Maradona é rídicula, como já tinha avisado aqui não tima como ter aberto mão de Cambiasso e Zanetti.


A Nigéria não jogou mal, esperava que estivesse pior... acima de tudo a grande surpresa foi a maior atuação de um goleiro na Copa até o momento, Enyeama - que merece análise especializada de Laerte Mello

(Blog Goleiro e Quitutes):



Vincent Enyeama (Hapoel (Israel), 27 anos, 1,85m, uniforme todo amarelo.
Deve ser um dos maiores destaques desta Copa. Temos que torcer para a Nigéria ir além da primeira fase para vermos mais esse goleiro em ação. Não é oportunidade fácil vê-lo atuar, pois joga no desconhecido futebol de Israel. O cara fez seis defesas brilhantes hoje, sendo três delas em chutes do melhor do mundo: Messi. Foram 24 participações mostrando que até em saídas do gol é bom: 07 saídas certas contra 01 errada. As defesas em tiros ao gol foram cheias de técnica e com segurança. Aos 6 min tirou de mão trocada uma bola colocada no ângulo direito dele chutada por Messi; aos 18 min foi buscar colocada de Messi no canto baixo direito; aos 21 min saiu no chão cara a cara com Highain; aos 37 min trocou de mão de novo para espalmar outra colocada de Messi no ângulo esquerdo. No segundo tempo aos 19 min espalmou bomba de Highain e aos 35 min salvou sua meta enfrentando Messi cara a cara de novo. Um show! Não teve culpa no gol. Um tiro de cabeça no ângulo direito de sua meta.

Inglaterra 1 x 1 EUA

  
O time inglês, como sempre, chega com grande elenco mas joga com medo. Parece que só Rooney tem sangue nas veias desse time! Vamos aguardar, pois além de bons jogadores a Inglaterra veio para essa Copa com Fábio Capello.

Os EUA continuam mostrando evolução no seu soccer, aquele time perigoso que nos deu trabalho na Copa das Confederações chegou a pressionar hoje, o problema é a falta de um jogador melhor na definição. Eles possuem um bom armador - Donovan. Tanto o time americano não tem poder de fogo, que seu gol saiu de um frangaço do goleiro Green do time inglês - mas o frango acabou fazendo justiça no placar.

 Imagens - globoesporte.com

****
Comentários de quem assistiu todos os jogos até agora (pela TV): Milton Leite e Maurício Noriega é a melhor dupla de transmissão disparada! Quando eles estiverem escalados não perca tempo com a tristeza dos outros narradores e comentaristas...

sexta-feira, 11 de junho de 2010

1º Dia de Copa: muita emoção e pouco futebol!


África do Sul 1 x 1 México

Antes do jogo, tenho que destacar a bela festa que o povo africano promoveu em sua Cidade do Futebol hoje, sem dúvida será a maior força de sua equipe.

Sobre o jogo, depois de um primeiro tempo com o time mexicano com a bola no pé, mas sem saber o que fazer com ela. 

Tivemos na etapa final os Bafana Bafana jogando com uma dedicação comovente, até mereciam sorte melhor no jogo, mas depois de sair na frente com um golaço de contra-ataque, tomaram o empate em um lance bobo de bola parada.

Todos achavam que a África do Sul seria a primeira anfitriã a não chegar a uma oitavas de finais de Copa, eu não descartaria a classificação do time de Parreira não.

Uruguai 0 x 0 França


A única partida entre campeões do mundo da primeira fase foi decepcionante! Pouca técnica e pouca emoção (ao contrário do outro jogo do grupo).

O Uruguai é uma ilha chamada Forlan, o resto são marcadores, destruidores de jogadas... só se Recoba ainda jogasse para salvar Forlan nessa Copa e a Celeste nessa Copa.

A França teve domínio de jogo, mais posse de bola, mas, como no México, falta objetividade... um meia objetivo e um atacante em boa fase.

*******
O certo é que já sabemos que no Grupo A pode acontecer de tudo, qualquer dois dos quatro podem passar para a próxima fase, devido ao equilíbrio de pontos fortes (e principalmente fracos).